Após 4 semanas fechado, comércio poderá reabrir em Araçatuba

A região do DRS (Diretoria Regional de Saúde) de Araçatuba foi reclassificada no Plano São Paulo, voltando para a Fase 2 ou Fase Laranja, que permite o funcionamento do comércio de rua e dos shopping centers por até 4 horas diárias.

A informação foi divulgada no início da tarde desta sexta-feira (24) pelo governador João Doria (PSDB), durante pronunciamento no Palácio dos Bandeirantes.

Esta já é a quarta semana em que apenas os serviços considerados essenciais estão autorizados a funcionar em Araçatuba e nas cidades da região.

Melhora

Durante o pronunciamento, Doria comentou que houve melhora nos índices da pandemia no Estado em todos os sentidos, o que possibilitou a reclassificação das regiões de Araçatuba, Araraquara e Campinas para fases menos restritivas do Plano São Paulo.

Apesar do avanço, o governador alertou que as 6 milhões de pessoas que vivem nestas regiões precisam manter os cuidados.

“Não é notícia para ser celebrada, é uma notícia para ser entendida e compreendida com prudência e com cuidado, como sempre recomendamos nas fases e nesta etapa das quarentenas do Plano São Paulo”, reforçou.

Outro fato positivo, de acordo com Doria, é que nenhuma região do Estado regrediu para uma fase mais restritiva, o que lembrou ser um fato inédito ao longo do plano São Paulo.

Cuidados

Ele reforçou que o uso de máscara é obrigatório em todo Estado e que é preciso respeitar o distanciamento social, sempre que possível, mantendo 1,5 metro em relação a outras pessoas, sempre que sair de casa.

Com relação a cidades onde ainda demanda internações, Doria anunciou que a partir da próxima semana serão abertos 100 novos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em Campos do Jordão, Igarapava e Jaci, na região de São José do Rio Preto.

De acordo com ele, a medida é preventiva e de cautela, sob orientação do Comitê de Saúde.

“Hoje nós temos mais de oito mil leitos de UTI em atividade aqui no Estado de São Paulo, que tem mais leitos de UTI do que a Itália, do que a Espanha e do que Portugal, três importantes países do continente europeu”, disse.

 

Fonte: Hojemais