Santa Casa de Araçatuba recebe mais 10 respiradores

A Santa Casa de Araçatuba (SP) recebeu mais dez respiradores enviados pelo governo do Estado para tratamento de pacientes com sintomas de covid-19. Os equipamentos chegaram na quarta-feira (17) e foi o segundo lote recebido em menos de dez dias, somando 20 unidades.

Com o recebimento desse novo lote, a UTI-Covid do hospital passa a contar com 20 leitos exclusivos para tratamento de pacientes com sintomas de coronavírus.

Inicialmente a ala foi montada com nove respiradores que estavam instalados em outros setores do hospital.

Agora, o espaço, que fica no 1.º andar do prédio onde está instalado o Hospital do Rim, passa a ter respiradores instalados exclusivamente para pacientes que evoluem para quadro grave e demande o suporte de uma UTI.

Demanda

Em nota, a assessoria de imprensa do governo do Estado informou que destinou respiradores a dezenas de hospitais de várias regiões do Estado, de forma técnica.

Foram privilegiados os locais com maior demanda de internações por covid-19 e estrutura para novos leitos, permitindo ampliação da capacidade de atendimento da rede pública de saúde.

Nesta sexta-feira (19), a Santa Casa de Araçatuba tinha 28 pacientes com sintomas de covid-19 internadas para tratamento. Desses, 11 estão internados na UTI-Covid, sete deles com diagnóstico já confirmado para a doença. Dois pacientes que estavam na UTI morreram nesta sexta-feira.

O hospital é referência em atendimento para pacientes de 40 cidades da região. No início do mês houve uma readequação na estrutura, que passou a contar com 68 leitos para atender exclusivamente pacientes positivos e suspeitos de infecção pelo coronavírus, incluindo os leitos de enfermaria.

Colaboração

O diretor clínico da Santa Casa, infectologista e intensivista Fábio Bombarda, comenta que as doações recebidas pelo hospital desde o início da pandemia são de grande ajuda e reforçam a qualidade da prestação de serviços.

Além dos equipamentos e recursos governamentais, a instituição também recebeu doações de empresas, grupos voluntários e comunidade em geral.

Sobre a disponibilidade de leitos e equipamentos destinados ao tratamento de pacientes relacionados à covid-19, ele informa que eles trazem segurança para a população.

 

Fonte: Hojemais