Médico com coronavírus deixa a UTI após mais de 60 dias em tratamento

A equipe médica e de enfermagem do Hospital Unimed Araçatuba comemorou nesta quarta-feira (27), a transferência do médico Merchides Toniolo Junior da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para um leito de isolamento.

Segundo nota da assessoria de imprensa do hospital, ele deu entrada na unidade com sintomas de covid-19, teve o diagnóstico positivo e permaneceu mais de 60 dias na UTI. Durante o tratamento, a maior parte do tempo ele foi mantido em ventilação mecânica.

Ao ser transferido de maca para a ala de Isolamento, o paciente foi aplaudido por toda equipe. “Foi um momento de muita emoção por se tratar de um dos nossos”, informa nota do hospital.

Merchides tem 54 anos e permanecerá em observação médica até ter condições de ser liberado para voltar para casa. Ele reside em Guararapes, mas presta serviço no hospital.

Orações

Em abril, o Hojemais Araçatuba publicou matéria informando sobre a internação do médico, que completava 30 dias. Na ocasião, familiares e colegas de profissão do proctologista pediram orações pela recuperação dele.

A diretora administrativa do Hospital Unimed Araçatuba, Vilma Neri Shinsato, contou ao radialista Marco Serelepe, no programa Jornal de Verdade da rádio Cultura FM, que Merchides era o paciente mais antigo em tratamento no hospital e o caso era considerado delicado.

Agradecimento

A esposa do médico também encaminhou um áudio para o radialista, fazendo questão de agradecer a toda equipe médica do hospital, principalmente da UTI, pela atenção dedicada a ele nesses dias de tratamento.

Ela encerrou o áudio fazendo um apelo à população, para manter o distanciamento social e as normas de proteção. “É necessário que você se proteja e proteja a quem você ama também” , alertou.

 

Fonte: Hojemais