Comércio e shopping centers voltam a funcionar na segunda

A partir da próxima segunda-feira (1), o comércio e os shopping centers instalados nos 43 municípios da região de Araçatuba (SP) poderão voltar a funcionar, seguindo as regras de prevenção ao coronavírus. Também poderão voltar ao trabalho as imobiliárias, escritórios e concessionárias.

A informação foi confirmada pelo governo do Estado, em coletiva no início da tarde desta quarta-feira (27), durante o detalhamento do Plano São Paulo, que prevê a retomada gradativa da atividade econômica do Estado após o término da quarentena atual.

Fases

O plano é dividido em cinco fases, sendo que a fase 1 refere-se à atual, que vigora desde 24 de março, quando apenas as atividades consideradas essenciais estão autorizadas a funcionar.

A região de Araçatuba está na fase 2, que autoriza a retomada das atividades anunciadas acima. Para a reabertura de bares, restaurantes e similares, e salões de beleza, a região terá que avançar para a fase 3.

Somente na fase 4 é que será autorizada a retomada do funcionamento das academias, segundo o plano.

Classificação

A escala feita pelo governo paulista será aplicada nas 17 regiões administrativas, de acordo com a abrangência dos DRSs (Departamentos Regionais de Saúde).

São esses departamentos regionais que determinam a capacidade de atendimento, transferências de pacientes e o remanejamento de vagas de enfermaria e UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) nos municípios.

Para avançar para uma nova fase, cada região precisará melhorar os indicadores de saúde. Se piorar, será determinado o recuo para a fase anterior. As zonas azul e verde não foram alcançadas atualmente por nenhuma das 17 regiões paulistas, segundo protocolos sanitários definidos no Plano São Paulo.

Com exceção da capital, todos os municípios da Grande São Paulo e também da Baixada Santista e de Registro permanecem na fase vermelha e continuam dentro da quarentena em vigor desde 24 de março.

Restrições

Caso a região de Araçatuba avance para a fase amarela, será permitida a reabertura total de serviços imobiliários, escritórios e concessionárias, segundo protocolos sanitários.

Porém, o comércio de rua, shoppings, salões de beleza, bares, restaurantes e similares poderão funcionar, mas com restrições de horário e fluxo de clientes. Já na fase verde, serão atenuadas as restrições ao funcionamento de todos os setores da fase amarela.

A partir daí, academias de ginástica e centros de prática esportiva voltarão a receber frequentadores, respeitando os limites de redução de atendimento e as regras sanitárias definidas para o setor.

Outras atividades

O governo do Estado argumenta que em todos os 645 municípios paulistas a indústria e a construção civil funcionam normalmente.

Espaços públicos, teatros, cinemas e eventos que geram aglomerações, como festas, shows e campeonatos, entre eles os esportivos, permanecem suspensos por tempo indeterminado.

O mesmo ocorre com relação às aulas presenciais no setor de educação e o retorno da capacidade total das frotas de transportes.

 

Fonte: Hojemais