Leitos e respiradores disponíveis da Santa Casa de Araçatuba

Mediante à polemica atual a respeito do número de respiradores artificiais para ventilação mecânica de pacientes, disponíveis na cidade, a Prefeitura de Araçatuba, por meio de ofício, entrou em contato com a Santa Casa de Misericórdia de Araçatuba, que prontamente respondeu, esclarecendo que não dispõe de leitos específicos para Covid-19 quantidade que pode aumentar ou diminuir pelo caráter emergencial dos atendimentos e gravidade dos quadros de saúde dos pacientes.

O documento de resposta, datado de 27 de abril deste ano e assinado pelo administrador da Santa Casa, Dr Mauro Inácio da Silva, e pelo diretor técnico, Dr. Giulio Stanco Coscina Neto, esclarece: “Ressaltamos que esta instituição não dispõe de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulta, bem como de ventiladores mecânicos, exclusivos para atendimentos ou internações de Covid-19. Os leitos credenciados atendem às diversas patologias, servindo de referência para 40 (quarenta) municípios”.

Através de descritivo em relação ao total de aparelhos em uso, o documento também informa que o hospital possui 39 ventiladores mecânicos em uso (ocupados) nas Unidades de Terapia Intensivas: Geral Adulto, Neonatal, Neonatal e Pediátrica e Coronariana; e apenas 8 disponíveis (livres), no momento do levantamento.

A Prefeitura de Araçatuba, por fim, esclarece que sempre informará a realidade e a verdade dos fatos, buscando sempre as informações técnicas e comprováveis junto aos setores competentes questionados, para que não haja confusão e interpretações errôneas que resultem em desconfiança ou pânico e para que haja clareza e transparência na prestação de informação à população.

Santa Casa