Pesquisadores recomendam regras rígidas de isolamento para Araçatuba

Araçatuba é uma das 13 cidades apontadas em estudo realizado pela Unesp (Universidade Estadual Paulista) como centros de maior risco para a propagação do coronavírus pelo interior do estado.

A informação consta em matéria publicada nesta terça-feira (7) pela agência FolhaPress.

Segundo o que foi publicado, a análise feita por pesquisadores do Centro de Contingenciamento do Coronavírus no Estado e ajudou a embasar a decisão do governador João Doria (PSDB) de ampliar em mais 15 dias a quarentena, que será estendida até 22 de abril.

O estudo considerou o número de casos confirmados de covid-19, que é a doença provocada pelo coronavírus, os casos suspeitos, o número de internações por síndrome respiratória grave e a importância regional dos municípios.

Integram a lista Araçatuba , Araraquara, Bauru, Campinas, Marília, Piracicaba, Ribeirão Preto, Santos, São Paulo, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba e Votuporanga.

Casos

Em Araçatuba, de acordo com a Vigilância Epidemiológica, já foram notificados 174 casos suspeitos de coronavírus até esta terça-feira.

Como 68 foram descartados por não atenderem critérios de suspeitos de covid-19 do Ministério da Saúde, esse número cai para 104. Desses, apenas 37 tiveram os resultados divulgados, sendo 25 negativo e 12 positivos. Os demais ainda aguardam diagnóstico.

De acordo com a publicação da FolhaPress, Votuporanga, por exemplo, tinha apenas três confirmações de covid-19, mas a cidade também é considerada de alto risco de dispersão devido à influência regional que exerce no noroeste do estado. Além disso, haveria dados que indicam a possibilidade de subnotificação.

Isolamento

Ao defender a necessidade da manutenção do isolamento social, os especialistas argumentam que o vírus transita das cidades maiores para menores, devido à mobilidade entre os municípios ser intensa.

Os pesquisadores afirmam ainda que o sucesso das ações de bloqueio do avanço do vírus especialmente nesses 13 municípios listados pode garantir a proteção de cidades menores, com população muito mais vulnerável ao coronavírus.

Centro

Araçatuba recebe diariamente centenas de pessoas de outras cidades da região que buscam serviços, principalmente atendimento de saúde e educação.

Os especialistas alertam que há risco de moradores nessas cidades se contaminarem durante visita a Araçatuba, por exemplo, e levar o vírus para seus municípios. Como muitas dessas cidades são pequenas, de população idosa e com rede hospitalar menor, os riscos são muito maiores.

Por isso, os pesquisadores defendem a manutenção do isolamento social em todo o estado, mas com regras mais rígidas para essas 13 cidades destacadas, que inclui Araçatuba.

 

Fonte: Hojemais